sábado, 12 de novembro de 2016

LIVRO: O Retrato de Dorian Gray - Oscar Wilde

Dorian Gray encanta todas as pessoas por onde passa com seu semblante jovem e puro, que reflete alguém que não foi atingido pelas desgraças do mundo. Seu amigo Basil Hallward, um pintor fascinado pela beleza de Dorian, faz um retrato do rapaz e vê este como sua mais perfeita obra. Porém, Basil teme que outras pessoas vejam o retrato e percebam o quanto de sua alma fora colocada ali. Teme também que outras pessoas vejam em Dorian Gray tudo aquilo que o fascinara. 

Esta pintura também afeta Dorian: o belíssimo rapaz, que antes não tinha consciência do fascínio que exercia por todos, sejam homens ou mulheres, passa a entender essa influência e começa a tirar proveito dela, e o pior acontece: A inocência de Dorian é corrompida assim que conhece Lord Henry, um amigo de Basil que aparece no ateliê e descobre o retrato.


Mas talvez o encanto de Dorian Gray viesse exatamente de sua ignorância. Ao tentar aproveitar todos os prazeres carnais que a vida pode lhe oferecer, ele se vê cada vez mais vazio e perdendo a perfeição que tanto admirava. Então coisas estranhas começam a acontecer relacionadas ao retrato, tendo um desfecho marcante e assustador.

É um livro muito interessante, diferente de tudo que já li, que instiga o leitor a refletir sobre as influências que coisas e pessoas têm sobre nós, e o quanto isso pode afetar a nossa vida e a vida das pessoas ao nosso redor. Também nos leva a refletir sobre a busca da felicidade, colocando acima de tudo o que é jovem, belo e carnal.

Oscar Wilde foi brilhante nesta imperdível novela! É um dos meus livros favoritos e o tenho com muito carinho, sendo Dorian Gray um dos personagens mais instigantes que já encontrei em minhas leituras. Se você também gostou desse livro, recomendo também o filme de mesmo nome de 2009 (achei bem fiel ao livro) e a série Penny Dreadful, que faz uma releitura do personagem, mantendo esta aura de encanto e mistério.

Imagem do filme "O Retrato de Dorian Gray" (2009)

Dorian Gray na série Penny Dreadful
Oscar Wilde (1854 - 1900) nasceu na Irlanda e é um dos autores mais importantes de todos os tempos. Sua obra chocou sua geração por falar sobre homossexualidade (inclusive assunto presente nesta novela) e fez inúmeras críticas em sua obra sobre os costumes e preconceitos da época. Para saber um pouco mais sobre o autor, recomendo este vídeo da Tatiana Feltrin.
Próximo Post
Anterior Post

0 comentários: