segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Precisamos falar sobre os filmes do diretor Lars von Trier

O cineasta dinamarquês Lars von Trier causou polêmica ao lançar seu filme em 2009, intitulado Anticristo. A começar pelo título que choca muitas pessoas, o conteúdo do filme também impressiona. É aquele tipo de filme "8 ou 80": ou você ama ou você odeia. Hoje vou falar sobre os filmes mais recentes dele (de 2009 em diante) e porquê você tem que assistir esses filmes. Não são filmes de terror/horror, pelo menos não do jeito que estamos acostumados, mas mesmo assim são filmes perturbadores.



ANTICRISTO (2009) - 112 minutos - terror, drama
O filme começa com a cena de sexo de um casal, enquanto o único filho deles pula de uma das janelas da casa e morre. À partir daí, os pais tentam digerir o que aconteceu se isolando em uma cabana na floresta, e o pior deles vêm à tona. A esposa é uma escritora que sente muita culpa pela morte do filho e o marido é psicanalista, ele tentará ajudar a esposa através de seus conhecimentos. Prepare-se para muitas cenas explícitas de sexo e violência. Algumas delas bem bizarras, eu diria.
Nota: ★ ★ ★ ★ ☆

antichrist3

MELANCOLIA (2011) - 136 minutos - drama, ficção científica, suspense
O filme começa com uma música e tomadas de câmera sem diálogo, que parecem bem estranhas, mas você irá entendê-las ao longo do filme. O filme todo se passa em uma mansão e começa com o casamento de Justine, sua irmã Claire e seu marido milionário dando a festa de casamento na casa deles. No começo os noivos parecem super normais: frases clichês de casais apaixonados, sorrisos, beijos. Só que ao longo do casamento as coisas vão se tornando estranhas e uma palavra bastante repetida pelo cunhado de Justine é "inacreditável", e realmente é. Em um dado momento, temos a informação de que um planeta chamado Melancholia irá passar muito próximo da Terra em 5 dias, podendo se chocar com a Terra ou não. Na segunda parte do filme, vemos o drama dos personagens com esse acontecimento. É daqueles filmes que você não consegue parar de assistir para saber o que irá acontecer. Realmente é inacreditável e chocante.
Nota: ★ ★ ★ ★ ★

melancholia-scene03

NINFOMANÍACA: VOLUME I (2013) - 117 minutos
NINFOMANÍACA: VOLUME II (2014) - 123 minutos - drama, erótico
Como o nome sugere, o filme conta a história de uma mulher viciada em sexo. A história é dividida em duas partes e no total são 4 horas de filme. O filme começa com Joe, a ninfomaníaca, já com 50 anos, encontrada espancada em um beco e levada para receber cuidados em sua casa por um senhor. Ao chegar na casa, ela começa a contar sua história até chegar ao momento atual, passando por todas as fases de sua vida - a descoberta da sexualidade, o vício e os inúmeros relacionamentos que teve. Como pode-se imaginar, há muitas e muitas cenas de sexo explícitas e chocantes. Apesar de um filme ser continuação do outro, o primeiro tem um desfecho, mas não fique sem assistir o Volume II para entender por quê ela foi encontrada daquele jeito na rua e não perder a cena final, que é surpreendente.
Nota: ★ ★ ★ ★ ☆

imagens-php

Depois que você assistir Lars von Trier pela primeira vez, quando ver algo produzido por ele reconhecerá imediatamente: a atmosfera sombria, as tomadas de câmera tremidas, a fotografia de tirar o fôlego, os personagens em lugares isolados. E não tem como falar nesses filmes sem lembrar da atriz Charlotte Gainsbourg que faz papel principal ou coadjuvante em todos os filmes citados, com atuações brilhantes.

Mas não espere por cenas de ação com tudo acontecendo rápido: no geral, tudo acontece de forma lenta, acredito que seja para o telespectador ter tempo de digerir o que está sendo dito e mostrado, pois não se tratam de filmes rasos - muitas vezes pode ser perturbador, e o interessante é entrar "na onda" mesmo e tentar captar, se possível, todos os significados.
Próximo Post
Anterior Post

0 comentários: