quarta-feira, 6 de julho de 2016

LIVRO: O Pacto / Amaldiçoado - Joe Hill

Ignatius Perrish (ou Ig), um rapaz de uns 25 anos, após uma noite de bebedeira, acorda sem lembrar o que aconteceu na noite anterior e, quando olha-se no espelho, assusta-se ao ver os pequenos chifres que nasceram em sua testa.

Como se não bastassem os chifres, logo Ig descobre que as pessoas ao olharem para ele começam a lhe dizer seus desejos inconfessáveis - traições, ódio e até vontade de matar algumas pessoas. E, ao tocá-las, fica sabendo vários fatos horríveis sobre seus passados.


Por meio desse "dom", Ig descobre que as pessoas que mais ama (namorada, pais, amigos, etc) não gostam tanto assim dele como dizem, já que agora não conseguem esconder seu lado sombrio em sua presença e perguntam sua opinião se devem colocar essas ideias doentias em prática ou não.

Ig começa a ver sua transformação à  própria imagem do diabo e percebe que todo esse ódio das pessoas contra ele deve-se a todos acharem que ele estuprou e assassinou sua ex-namorada, Merrin, há um ano atrás, porém como o caso foi inconclusivo, Ig não conseguiu provar sua inocência, já que mesmo contando a verdade, seu álibi não foi convincente. Por outro lado, o autor do crime não deixou rastros.

Após a morte da namorada, Ig vê sua vida arruinada. Todos seus planos e sonhos foram por água abaixo, já que Merrin era o amor de sua vida, um romance que começou na adolescência e que durou 10 anos, acabando com sua morte trágica.

Porém, a nova condição de Ig ao menos o fará mergulhar no que realmente aconteceu naquela noite em que Merrin morreu e com a descoberta do assassino, Ig mudará o rumo de sua história.

"O Pacto" (ou "Amaldiçoado", nome da edição mais recente) de Joe Hill é um livro com uma pegada de horror, bastante suspense e romance. É daqueles livros que você não consegue parar de ler. Você entra na cabeça de Ig e vivencia todos os acontecimentos com ele e compartilha dos seus sentimentos.

Joe Hill, que é filho do mestre Stephen King, surge como mais um grande nome da literatura de horror, com uma escrita excelente, sem devaneios desnecessários - todos os pontos que ele nos traz são relevantes e você vai ligando os fatos ao longo do livro, o que deixa a leitura ainda mais prazerosa.
Nota: ★ ★ ★ ★ ★


Próximo Post
Anterior Post

0 comentários: